16/12/2018

Cachorro arrastado por carro em Artur Nogueira está fora de risco

Animal foi atropelado na noite desta sexta-feira (14)

Michael Harteman

Um fato chocou muita gente na noite desta sexta-feira (14) em Artur Nogueira. Um homem atropelou um cachorro e o arrastou por pelo menos meio quarteirão no bairro Bom Jardim. A boa notícia é que o cão, atendido pelo veterinário Rafael Boer, não corre nenhum risco de morrer. Além disso, o animal já está sob os cuidados de uma moradora.

Segundo Rafael Boer, veterinário que correu até o local para atende o cão, o animalzinho está fora de maiores perigos. No entanto, há a possibilidade de ele ter uma contusão cerebral. “Ele está bem, ficou em observação e foi medicado, ainda não está andando, mas a moradora que ficou com ele vai trazê-lo na clínica na próxima quinta-feira (20) para avaliarmos novamente”, explica o profissional. A clínica de Rafael é a BoerVet.

Além de ainda não estar caminhando, o animal se encontra com algumas escoriações pelo corpo. “Não quebrou nenhum osso, o problema é que a maior pancada foi na cabeça, após esse primeiro período de avaliação poderemos ver a real situação, mas ele está sendo bem cuidado e medicado. Agora, sem nenhum risco de vida”, ressalta o veterinário.

Sob os cuidados da moradora de Artur Nogueira, Arieli Santos de Moura, o cão agora recebe alimentação e as medicações devidas na casa dela. “Eu estou dando os medicamentos, água na seringa e comida na boca, mas ainda estou sem saber o que fazer em relação à fisioterapia para estimular ele a andar, pois não tenho conhecimento nessa parte. As patas da frente permanecem esticadas e duras. Preciso de alguém que entenda dessa área e me ajudasse nisso”, relata Arieli.

Caso alguém que tenha conhecimento no segmento de fisioterapia animal esteja disposto a contribuir com a recuperação do cão, pode entrar em contato diretamente com Arieli pelo telefone (19) 9.9993-2412.

O caso

Um fato revoltou alguns moradores de Artur Nogueira na noite desta sexta-feira (14). Um homem atropelou um cachorro e, em seguida, se evadiu do local. A Polícia Municipal atendeu a ocorrência e um veterinário tomou o cão sob seus cuidados.

Segundo testemunhas, um homem atropelou um cachorro e o arrastou por aproximadamente 50 metros. Em seguida, o indivíduo fugiu do local em um carro preto. Elas também afirmam que o sujeito estava com sinais de embriaguez. Uma das pessoas que presenciou o atropelamento ligou para a polícia.

A polícia relata que, até o momento, o autor do atropelamento não foi identificado, mas que já tem as informações necessárias do veículo para realizar a busca.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.