22/03/2019

Boatos sobre atentados em escolas de Artur Nogueira geram polêmica

Mensagens que circularam em redes sociais deixaram alunos, pais e funcionários de unidades de ensino em alerta

Diego Faria

Informações envolvendo atos de atentado, incitação à violência e vandalismo em escolas estaduais de Artur Nogueira deixaram alguns alunos, pais e professores em estado de alerta nos últimos dias. Boatos teriam circulado em redes sociais, gerando compartilhamentos e comentários no município. Nesta sexta-feira (22), o Portal Nogueirense recebeu um comunicado oficial da Diretoria de Ensino de Limeira (SP), através da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, sobre os casos.

As suspeitas foram levantadas após o atentado ocorrido na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano (SP), no último dia 12 de março. O episódio promovido por dois indivíduos armados resultou em 10 mortos e 11 feridos, entre eles, estudantes e funcionários da escola. O caso chocou o país e gerou questionamento sobre a segurança nas unidades de ensino.

Uma das informações recebidas pelo Portal Nogueirense através de mensagem pelo WhatsApp envolvendo Artur Nogueira apontam que, na última semana, um suspeito teria tentado entrar na Escola Estadual João Baptista Gazzola, no Jardim Carolina, munido de uma arma de fogo. A informação também alegava que as aulas teriam sido suspensas devido ao ocorrido. Porém, o caso não passaria de um boato e teria sido espalhado com a intenção de gerar pânico.

Conforme a Assessoria de Imprensa da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo declarou em relação ao referido caso, ao ter conhecimento do boato, “a Direção da unidade escolar acionou a Ronda Escolar da Polícia Militar (PM) devido à informação sobre o suposto suspeito armado”. Com a chegada dos policiais, houve o atendimento à ocorrência, entretanto, nenhum suspeito ou armamento foi localizado na escola. A disseminação do comentário teria deixado alunos assustados e funcionários em alerta. Ainda de acordo com o setor, “as aulas na unidade não foram suspensas”.

Outro boato, envolvendo a Escola Estadual José Amaro Rodrigues, na região central de Artur Nogueira, afirmava que um aluno teria incitado à violência no colégio. Ele haveria entrado na escola vestido com roupas pretas e uma bandana de caveira sobre o rosto, fazendo referência ao vestuário que um dos atiradores usava no dia da chacina ocorrida em Suzano (SP). O ato teria indignado professores e assustado alguns estudantes. Mas, em contato com a Secretaria de Educação de SP, o Portal Nogueirense apurou que o caso não passaria de comentários sem fundamento e, que “a informação é falsa”.

Já um terceiro caso, desta vez se referindo à Escola Estadual Magdalena Sanseverino Grosso, no Jardim Planalto, indicava um ato de vandalismo. Alunos teriam acendido velas em uma das salas de aula na intenção de incendiarem o local, colocando em risco a integridade de alunos e professores. Desta vez, a informação se confirmou. A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo afirmou ao Portal Nogueirense que “os pais e responsáveis dos alunos envolvidos no ato foram chamados à unidade escolar para que tomassem ciência do ocorrido e os alunos foram suspensos”. Não foi informado se houve danos causados à escola ou se alunos teriam se ferido, apenas que o fato foi apurado e solucionado pela direção do colégio.

O setor do Estado também declarou que “projetos de cultura e de pacificação foram intensificados nas escolas estaduais da cidade através dos grêmios estudantis” na intenção de promover o bom convívio entre alunos, funcionários e a comunidade.

Além disso, o 19º Batalhão de Polícia Militar do Interior (19º BPM/I), com sede em Americana (SP), está elaborando um mapeamento para intensificar a segurança nas escolas de cidades que abrangem o atendimento da unidade. Entre os municípios de atuação do setor estão Artur Nogueira, Cosmópolis (SP), Engenheiro Coelho (SP), Santa Bárbara d’Oeste (SP) e Americana (SP).

Leia mais

PM traça mapeamento de segurança em escolas de Artur Nogueira

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.