14/12/2019

Bispo de igrejas de Artur Nogueira cita investigação de abuso em coletiva de imprensa

Encontro de Dom José Roberto Fortes Palau com a imprensa ocorreu na última quinta-feira (12), em Limeira (SP)

Da redação

Nesta última quinta-feira (12), em Limeira (SP), ocorreu uma coletiva de imprensa com a presença do novo bispo da diocese limeirense, Dom José Roberto Fortes Palau. Responsável por 16 cidades pertencentes à referida diocese, como Artur Nogueira, Cosmópolis (SP) e Engenheiro Coelho (SP), no encontro ele comentou sobre temas relacionados ao ministério episcopal e, também, sobre o caso de Dom Vilson Dias de Oliveira, investigado por suspeito de extorsão de dinheiro e por acobertar supostas denúncias de abuso sexual.

Esse foi o primeiro encontro de Dom José com o clero diocesano e a imprensa, desde que foi nomeado bispo diocesano de Limeira, em 20 de novembro. O encontro com o clero foi realizado pela manhã, no Centro Diocesano de Limeira (CDL), e contou a presença de padres da diocese, além de diáconos e seminaristas.

Dom José Roberto foi saudado por todos os presentes e falou sobre a expectativa dele de governar a diocese, que deve ser, segundo ele, com base nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, como orienta a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

No encontro, ao se referir sobre o caso de Dom Vilson, Dom José Palau afirmou que aguarda o desfecho das investigações envolvendo o bispo e que, caso confirmada a atuação de Dom Vilson quanto às acusações extorsão e assédio sexual envolvendo o padre Pedro Leandro Ricardo (ex-reitor da Basílica de Santo Antônio de Pádua, em Americana (SP), ambos deverão sofrer as punições previstas pela Igreja Católica. A ação ocorre em virtude de um inquérito que tramita contra o pároco, acusado de cometer abuso sexual, durante anos, contra rapazes menores de idade.

Dom Vilson Dias de Oliveira

Padre Pedro Leandro Ricardo

A deputada estadual Leci Brandão da Silva (PC do B), recebeu em seu gabinete, em outubro do ano passado (2018), um dossiê com denúncias envolvendo o padre Pedro Leandro e o Dom Vilson. De acordo com o documento, o bispo teria sido complacente ao caso que pesa sobre o pároco. O líder religioso (Dom Vilson) também é acusado de remover padres que não estiverem dispostos a compactuar com seus pedidos de dinheiro para causas próprias, o que implica aos delitos de perseguição, extorsão e enriquecimento ilícito.

Após duas horas de encontro, Dom José participou de um almoço de confraternização com a presença do clero e seminaristas. À tarde, na Cúria Diocesana de Limeira, Dom José falou à imprensa e respondeu perguntas dos repórteres.

Em sua explanação, Dom José apresentou à imprensa as linhas gerais de seu ministério episcopal em Limeira e disse que pretende, inicialmente, assim que tomar posse, “conhecer todas as paróquias, padres, diáconos e seminaristas da diocese para ter conhecimento da realidade diocesana”.

A posse de Dom José Roberto Fortes Palau, como 6º Bispo Diocesano de Limeira, está marcada para o dia 18 de janeiro, às 17h, na catedral Nossa Senhora das Dores, em Limeira.

Leia também: 

Papa anuncia novo bispo das igrejas Católicas de Artur Nogueira

Ministério Público investiga bispo responsável por igrejas de Artur Nogueira

Dossiê é enviado ao Vaticano, expondo bispo responsável por igrejas de Artur Nogueira

……………………………………

Tem uma sugestão de entrevista? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.