16/11/2010

Bares poderão ficar abertos até às 22 horas em Artur Nogueira

Prefeito Marcelo Capelini diz que todos os bares deverão ter alvará especial para funcionar depois do horário comercial

Em entrevista exclusiva ao NOGUEIRENSE, o prefeito de Artur Nogueira, Marcelo Capelini, informou que em breve todos os bares da cidade deverão ter um alvará especial para funcionar depois das 18 horas. E poderão ficar com as portas abertas até às 22 horas.

O motivo, segundo o prefeito, é o alto índice de violência doméstica no município. “Nós temos que regularizar o horário desses comércios, quantos pais de família não viram a noite enchendo a cara e quando chegam em casa agridem a família. Sem contar daqueles que perdem suas cestas básicas em dívidas de boteco, tendo um horário estabelecido tenho certeza que esta realidade vai mudar” afirma Capelini indo além, “hoje a ronda policial perde muito tempo com ocorrência de bêbado na rua, enquanto poderia estar se dedicando na segurança da cidade” comenta o prefeito.

Alguns donos de bares já fecham seus estabelecimentos antes das 22 horas, mas discordam da decisão. “Não tenho problema com essa regulamentação, até porque já fecho neste horário, mas acho que a prefeitura não deve impor essa regra, pois pode prejudicar outros bares” comenta o proprietário de bar, Hiro Fukugauti.

Outros já assumem que vão ter prejuízo. “Pra mim será um problema, pois em alguns dias transmito jogos de futebol para meus clientes, ficando até a meia-noite, como vou fazer? Baixar as portas com eles aqui dentro? Não dá pra fazer isso” comenta o proprietário de bar, Anderson Boer, que em dias que não acontece jogos pela televisão fecha o estabelecimento às 21 horas.

A medida agrada alguns moradores. “Acho que a decisão será benéfica à sociedade, uma vez que existem muitos beberrões por aí que não conseguem se controlar e agridem filhos e esposas quando chegam em casa” comenta o aposentado, Adão Olimpio.

O prefeito informou que pretende regularizar o horário dos bares até março de 2011.

O que você acha deste assunto? Comente e participe.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.