04/07/2012

Autoridades discutem soluções para a Segurança Pública em Artur Nogueira

Quézia Amorim Na última terça-feira (3), aconteceu a segunda edição do ciclo de debates sobre Segurança Pública da Delegacia Seccional de Americana/DEINTER 9. O encontro foi realizado às 19h, no Centro Pastoral João Paulo II, ao lado da Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, em Artur Nogueira. Aproximadamente 50 pessoas compareceram no evento. Formada por […]

Quézia Amorim

Na última terça-feira (3), aconteceu a segunda edição do ciclo de debates sobre Segurança Pública da Delegacia Seccional de Americana/DEINTER 9. O encontro foi realizado às 19h, no Centro Pastoral João Paulo II, ao lado da Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, em Artur Nogueira. Aproximadamente 50 pessoas compareceram no evento.

Formada por representantes dos municípios de Artur Nogueira, Americana, Cosmópolis, Engenheiro Coelho, Hortolândia, Monte Mor, Nova Odessa, Santa Bárbara D’Oeste e Sumaré, a reunião discutiu, entre outros assuntos, a falta de segurança nos municípios, a faixa salarial dos delegados e a construção de novos prédios para as Delegacias de Polícias Civil e Militar de Artur Nogueira.

Durante o evento, os palestrantes Renato Mancinelli, Presidente do Conselho de Segurança de Artur Nogueira, George Melão, Presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo, João Batista Rebouças, Presidente do Sindicato dos Investigadores de Polícia do Estado de São Paulo, Oscar Miranda, Presidente da Associação de Escrivães de Polícia do Estado de São Paulo, autoridades e população, debateram sobre as más condições de segurança e trabalho das delegacias.

“A importância da participação do público é muito grande, pois precisamos que essas pessoas pressionem as autoridades e espalhem o assunto para que a situação se torne conhecida. Nosso objetivo é pressionar o Governo do Estado de São Paulo, para que sejam tomadas providências mediante a esses problemas.”, finaliza o Presidente do Conseg de Artur Nogueira, Renato Mancinelli.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.