19/04/2019

Atleta de Artur Nogueira vence corrida de 42 km no litoral paulista

ASSISTA AO VÍDEO: Marlete Carlini, de 48 anos, conquistou o 1º lugar na etapa feminina 42 km solo no Desafio 28 Praias - Costa Sul

Da redação

Uma atleta, moradora de Artur Nogueira, alcançou destaque no Desafio 28 Praias – Costa Sul, uma maratona de corrida de montanha, realizada no litoral paulista, que ocorreu no último sábado (13). Ao todo, ela percorreu 42 km em uma prova que, além de preparo físico, mental e emocional, exige muita destreza, concentração e superação dos participantes. Durante o trajeto desafiador, a esportista percorreu praias e trilhas das montanhas de Caraguatatuba (SP) e Ubatuba (SP).

Marlete Carlini tem 48 anos, é personal trainer de profissão e pratica corrida há 25 anos. Iniciou-se no esporte de aventura há 10 anos e já participou de diversas provas. Na última delas, a corrida de montanha Desafio 28 Praias – Costa Sul, realizada em um percurso de Caraguatatuba (SP) a Ubatuba (SP), ela conquistou o 1º lugar nos 42 km geral solo, na categoria feminina. Com a largada feita na Praia Tabatinga, em Caraguatatuba (SP), Marlete foi a 36ª pessoa, e primeira mulher, a cruzar a linha de chegada na Praia Dura, em Ubatuba (SP).

Ao todo foram 2.500 atletas que participaram do Desafio 28 Praias – Costa Sul, divididos em categorias masculina e feminina de 21 km e 42 km. Além de participação solo, os inscritos puderam correr em revezamentos de dupla, trio e quarteto. Com a largada realizada às 7h05, Marlete concluiu o percurso em 6 horas.

“É uma prova que exige muita força, resistência e técnica. A gente corre, caminha, salta, nada, pula obstáculos como, por exemplo, troncos de árvores que estão pelas trilhas, além de descer e subir trechos com o auxílio de cordas. É um desafio realmente muito intenso”, relata a atleta.

Os primeiros 15 km da prova, um dos trechos mais desafiadores, foram percorridos em trilhas dentro de uma mata fechada e úmida. De uma praia para outra, os corredores percorreram várias trilhas, em boa parte escorregadias devido ao tempo úmido da costa do mar, sempre subindo e descendo montanhas. Em alguns pontos do percurso, os participantes precisaram ultrapassar pedras e nadar em trechos de mar para realizar travessias para outras praias. Parte da prova também foi percorrida por asfalto.

“A parte mais difícil para mim foi percorrer a areia fofa das praias. Com o sol quente, foi bem dificultoso, porque causa desidratação e gasta-se bastante energia. As trilhas são desafiadoras também, é preciso técnica e bastante cuidado para não escorregar e se lesionar pelo caminho. Sofremos picadas de insetos, câimbras e dores musculares ao longo do trajeto”, reflete.

Em alguns pontos da prova, os participantes precisam ter cautela, redobrar a atenção e respeitar as condições do terreno por onde passaram, utilizando a técnica de single tracking, quando em um ponto da trilha só é possível percorrer um atleta por vez. Com isso, é inevitável os atletas perderem um pouco de tempo durante a prova, mas, por questão de segurança, evita-se cair nas pedras que estão sobre o mar.

Marlete conta que nas experiências que teve em corridas de aventura e de montanha, como o Desafio 28 Praias – Costa Sul, o companheirismo dos atletas supera o próprio espírito de competição da prova. “É uma energia muito grande, todo mundo ali se supera. Existe um companheirismo, todos se ajudam, te estendem a mão para o outro, oferecem água e apoio, é uma lição de vida mesmo. É contagiante ver os atletas emocionados, cruzando a linha de chegada, todo são vitoriosos”, descreve ela.

Em 2017, a competidora participou de uma prova semelhante, realizada em São Roque (MG), e se classificou em 1ª colocada na categoria de 40 – 49 anos feminina. Posteriormente, no mesmo ano, ela participou do Desafio 28 Praias – Costa Norte com a colocação de 1º lugar no geral dos 42 km solo. Já em 2018, Marlete participou novamente do Desafio 28 Praias – Costa Norte, mas percorrendo os 42 km do geral, com percurso de Paraty (RJ) a Praia Grande (SP), alcançando o 5º lugar no geral. Também em 2018, ela correu o Desafio 28 Praias – Costa Sul, chegando em 4º lugar no geral.

Em corridas de aventura como o Haka Race, outra prova que a atleta também participou anteriormente, além da corrida, os atletas precisam desempenhar outras técnicas de esporte como, por exemplo, pedalar com mountain bikes, remar em caiaques, escalar, fazer rapel, realizando o percurso sem demarcações, apenas com o auxílio de uma bússola. “Já percorri maratonas de rua também, mas corrida de aventura e corrida de montanha é outra pegada, quando temos contato com a natureza, é muito mais desafiador, mas gratificante também. Temos que trabalhar a força, a mente e o controle emocional. Depois que participamos da primeira prova, vamos ficando mais preparados”, pontua.

O esposo de Marlete, Fábio Carlini, também pratica corrida de aventura e de montanha, participou dos 42 km categoria solo masculino do Desafio 28 Praias – Costa Sul, realizado no último sábado (13). Ele concluiu o percurso em cerca de duas horas e meia depois dela. Além de ter a oportunidade de participar da prova com o apoio do marido, ela relata que é inspirador ver a presença de mulheres no esporte.

“As mulheres precisam perceber o potencial que temos no esporte, somos muito capazes e resistentes. É preciso ter foco, disciplina, constância e se empenhar em um treinamento de preparo específico. Com tudo isso, os resultados vêm naturalmente. Espero que meu resultado seja inspirador para o pessoal que gosta do esporte. Vejo em Artur Nogueira muita gente se exercitando, com preocupação em relação à saúde, isso é muito bom, falando agora como personal trainer”, observa.

Como próximo passo, Marlete Carlini busca, agora, preparo e já pensa na participação no Desafio 28 Praias – Costa Central, que será realizado em junho deste ano (2019), também no litoral paulista. Outra prova desafiadora que está pela frente é a 2ª etapa do Circuito de Aventura, que acontece em Brotas (SP), no mês de maio.

Interessados em obter informações sobre as modalidades esportivas citadas, ou se inscrever como participantes nas  referidas provas, devem acessar os sites referentes a cada maratona.

Assista ao vídeo

……………………………………

Tem uma sugestão de entrevista? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.