05/08/2019

Artur Nogueira tem queda em furtos e roubos no primeiro semestre do ano

Análise da Secretaria de Segurança Pública comparou primeiro semestre de 2019 com o mesmo período de 2018

Da redação

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) divulgou um levantamento recente sobre o número de ocorrências policiais registradas e a média de produtividade policial de Artur Nogueira, referentes ao primeiro semestre de 2019. Em comparativo com o mesmo período de 2018, os crimes de roubo e furto tiveram queda no município, já a produtividade policial com casos de tráfico de drogas, armas apreendidas, apreensões de menores e flagrantes lavrados tiveram alta.

Conforme divulgado no portal eletrônico da SSP-SP, entre janeiro e junho de 2019 foram registrados no município 89 casos de lesão corporal dolosa (quando há intenção). Crimes de roubo (diversos) tiveram 45 casos registrados, já os furtos (diversos) foram 230 registros. No mesmo período do ano passado (2018), o registro de lesões corporais dolosas foram 99, os de roubo (diversos) 57 e, furtos (diversos) obtiveram a marca de 279 casos.

No primeiro semestre de 2018, em Artur Nogueira, ocorreu uma tentativa de homicídio e cinco casos referentes à estupro foram registrados na cidade, dois deles contra vulneráveis. No mesmo período deste ano (2019) houve uma tentativa de homicídio e três estupros de vulneráveis.

Produtividade policial

A SSP-SP também destacou os dados referentes à produtividade policial no primeiro semestre  de 2019. Ao todo, ocorreram 28 casos de porte de entorpecentes entre janeiro e junho, 71 por tráfico de drogas, 19 apreensões de armas de fogo e 10 apreensões de menores infratores. Presos em flagrante foram 101 e 49 mediante mandados de prisão. O número total de prisões foi de 145, flagrantes lavrados foram 89 e, ao todo, 173 inquéritos policiais instaurados na cidade.

O levantamento indicou que, no primeiro semestre de 2018, foram 61 casos de portes de entorpecentes registrados no município e 63 por tráfico de drogas. Apreensão de armas de fogo foram nove. Seis menores infratores foram apreendidos, 106 pessoas foram presas em flagrante e 101 sob mandados de prisão. As prisões realizadas tiveram a marca de 193 casos, flagrantes lavrados foram 90 e 176 inquéritos policiais foram instaurados.

Diante da análise, ocorrências por porte de entorpecentes e mandados cumpridos tiveram queda no início de 2019 em Artur Nogueira. Já os casos de tráfico de drogas, armas apreendidas, apreensões de menores, presos em flagrante e inquéritos policiais e flagrantes lavrados e prisões realizadas tiveram alta no primeiro semestre de 2019.

Estatísticas divulgadas pela SSP-SP

Desde 1995, a SSP-SP publica trimestralmente as estatísticas criminais no Diário Oficial do Estado (DOE). A Lei Estadual 9.155, de 1995, estabeleceu a divulgação de 12 modalidades criminais da Capital e Grande São Paulo. Posteriormente, o Governo do Estado agregou a informação de todos os 645 municípios do Estado e ampliou para 14 a lista de delitos, com a inclusão do roubo de carga e roubo a banco.

Em março de 2011, o Governo do Estado anunciou a divulgação mensal das estatísticas da criminalidade por Estado, área, município e unidade policial, no portal da SSP e no Diário Oficial do Estado.

Dentro do princípio da transparência da administração, em janeiro de 2002, a SSP-SP disponibilizou, em seu portal na internet, uma série histórica de dados – de 1999 a 2001, em nível de municípios – para os principais indicadores de criminalidade. Para os anos de 2000 a 2002, as mesmas informações estão disponíveis mensalmente, permitindo a comparação do período em relação ao ano anterior.

Os dados estatísticos do Estado de São Paulo são divulgados nesta página em data anterior à publicação oficial em Diário Oficial do Estado (Lei Estadual nº 9.155/95 e Resolução SSP nº 161/01). No período compreendido entre a divulgação inicial e a publicação oficial em Diário Oficial, há possibilidade de retificações que são atualizadas automaticamente nesta página.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.