08/07/2019

Artur Nogueira pode receber repasse de R$ 40 mil para Saúde

Município precisa apresentar documentação para que valor seja liberado pelo governo do Estado de São Paulo

Da redação

Artur Nogueira receberá um repasse no valor de R$40 mil. Este deverá ser utilizado para promover ações, a fim de evitar a epidemia de arboviroses que causam doenças como Zika Vírus e Chikungunia, ocasionadas por mosquitos transmissores. O recurso é proveniente do Fundo de investimentos da Agência Metropolitana de Campinas (Fundocamp), vinculada à Agemcamp.

A verba será utilizada para aquisição de telas de proteção de caixas d’água, big bags de ráfia, aparelho de inspeção visual remoto de calhas, cartilhas lúdicas e educativas e testes rápidos do vírus da Dengue. As quantias serão distribuídas por grupos de municípios, de acordo com o número de domicílios. Engenheiro Coelho (SP), Holambra (SP), Morungaba (SP) e Santo Antônio de Posse (SP) terão R$ 20 mil cada para as ações.

Artur Nogueira (SP), Cosmópolis (SP), Jaguariúna (SP), Monte Mor (SP), Nova Odessa (SP), Pedreira (SP) e Vinhedo (SP) receberão R$ 40 mil, enquanto Atibaia (SP), Paulínia (SP) e Valinhos (SP), R$ 75 mil cada. Americana (SP), Hortolândia (SP), Indaiatuba (SP), Santa Bárbara d´Oeste (SP) e Sumaré (SP) terão R$ 130 mil. O maior valor será destinado à  Campinas (SP), R$ 300 mil.

Na terça-feira (2), o Governador João Doria autorizou o repasse imediato para 13 cidades da Região Metropolitana de Campinas. As demais cidades, incluindo Cosmópolis (SP), não tiveram a verba liberada, visto que não apresentaram a documentação necessária para a liberação, até então. Dos municípios citados acima, os que obtiveram liberação foi Engenheiro Coelho (SP), Pedreira (SP), Sumaré (SP), Holambra (SP), Hortolândia (SP), Indaiatuba (SP), Monte Mor (SP), Santa Bárbara D’Oeste (SP), Jaguariúna (SP), Vinhedo (SP), Itatiba (SP), Santo Antônio de Posse (SP) e Nova Odessa (SP).

Na Região Metropolitana de Campinas, ocorrerá ainda o 10º Fórum Internacional de Educação, também com recursos provenientes do Fundocamp. Para realização do Fórum, foram liberados R$ 400 mil. Neste evento devem ser discutidos boas práticas educacionais no âmbito regional, com a contribuição de especialistas e análise de experiências internacionais.

O evento tratará das políticas públicas para a Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Ensino Fundamental e discussões sobre a Educação não ter sido municipalizada, coexistindo o Ensino Fundamental Municipal e Estadual. O projeto contempla os educadores dos 20 municípios da RMC e contará com um público aproximado de 2 mil pessoas.

.……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.