06/02/2013

Artur Nogueira intensifica fiscalização da nova Lei Seca

Lei fica mais rigorosa e promete dar punição maior aos irresponsáveis

Paulo Holdorf

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou na última semana no Diário Oficial da União, uma nova resolução à Lei Seca. Como as antigas normas não se mostraram muito eficientes, foi necessário estabelecer mais rigor na fiscalização. A nova medida de prevenção de acidentes no trânsito já entrou em prática em Artur Nogueira.

Com a nova lei, o motorista que quiser voltar para casa de carro não poderá consumir nenhum tipo de bebida alcóolica ou substâncias psicoativas que determinem dependência.

Uma medida já havia complementado a lei em dezembro de 2012, em que além do bafômetro, a utilização de vídeos e outras provas como testes clínicos e testemunhos do próprio policial e outras fontes, podem condenar o condutor.

Autoridades de trânsito deverão fazer essa fiscalização em procedimento operacional rotineiro. O motorista que for autuado receberá uma punição de R$ 1.915,30, terá o veículo apreendido, recolhimento da habilitação e suspenção do direito de dirigir por no mínimo 12 meses. Caso o motorista seja reincidente na mesma infração, a multa sobe para R$ 3.830,60 e a suspensão do direito de dirigir.

Segundo a Polícia Militar do município de Artur Nogueira, as blitz foram intensificadas, principalmente devido o Carnaval, nas entradas e saídas da cidade. “Um bom exemplo foi no último domingo (3), por volta das 22h30, após o Pré-Carnaval, onde houve um acidente com vítima e o condutor estava alcoolizado, com 0,67 mg/l, lembrando que acima de 0,35 já é crime. O condutor responderá criminalmente por estar embriagado, responderá por lesão corporal, terá a CNH apreendida, além de ter que pagar multa”, afirma o subtenente da Polícia Militar Marcelo Ribeiro.

Lei Seca


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.