11/02/2019

Após denúncias, Ivan é questionado sobre atraso em entrega de cestas básicas

Lucas Sia (PSD), Adalberto Di Lábio (PSDB), Rodrigo de Faveri (PTB), Beto Baiano (PRP) e Davi da Rádio (DEM) apresentaram um requerimento pedindo esclarecimentos ao prefeito de Artur Nogueira

Daniela Fernandes

Em setembro de 2018, o Portal Nogueirense noticiou sobre denúncias que alguns servidores públicos estavam fazendo junto ao jornal e nas redes sociais referentes à demora na entrega de cestas básicas. Segundo os funcionários, a espera da chegada dos kits alimentícios chegava a 20 dias após a data correta.

Na época, os vereadores de Artur Nogueira encaminharam uma indicação à prefeitura com relação a troca de cestas básicas por tickets ou cartões magnéticos alimentação a fim de solucionar o problema apresentado pelos munícipes. Já o Poder Executivo chegou a ser questionado pela equipe de reportagem, porém preferiu não se pronunciar.

Meses depois, durante a segunda Sessão Ordinária de 2019, realizada nesta segunda-feira (11), o tema voltou a ser discutido na Casa de Leis nogueirense. As reclamações reincidiram e, por isso, novas ações foram realizadas pelos parlamentares. Dessa vez, os edis protocolaram um requerimento solicitando informações sobre as cestas básicas.

O documento 004/2019 foi assinado por cinco representantes do Poder Legislativo e aprovado por unanimidade. Lucas Sia (PSD), Adalberto Di Lábio (PSDB), Rodrigo de Faveri (PTB), Beto Baiano (PRP) e Davi da Rádio (DEM) encaminharam cinco perguntas para o prefeito Ivan Vicensotti (PSB), que tem 45 dias para apresentar as respostas aos vereadores.

Davi da Rádio (DEM) comentou sobre o motivo da realização do requerimento. “Segundo alguns colaboradores do serviço público há um atraso na entrega da cesta básica. Quando ela é entregue já está próximo da data de uma nova aquisição da mesma. Isso teria acarretado na ausência da entrega em um mês. Essas são informações de funcionário e, agora, queremos um parecer do Executivo”, justifica o parlamentar.

“O atraso da cesta básica é um absurdo. Nós sabemos que um salário mínimo para uma família às vezes não dá para sobreviver até o final do mês. A alimentação é um assunto de extrema importância, então eu espero que o Executivo responda o mais rápido possível para sabermos a real situação”, disse Lucas Sia (PSD) durante o espaço da fala livre.

Rodrigo de Faveri (PTB) afirmou que as cestas básicas são um direito aprovado pelos vereadores e adquirido pelos servidores. “É um direito que não está sendo devidamente cumprido. Muitos funcionários me procuraram e fizeram denúncias. Queremos saber por que eles não estão recebendo as cestas”, pediu.

Entre os tópicos se encontra o questionamento sobre qual data a cesta básica é entregue aos servidores públicos; em que data foi entregue nos últimos 12 meses, se houve atraso nesse período e, se sim, o motivo; se existem funcionários que não a recebem, mesmo cumprindo os requisitos; e se em algum mês as cestas deixaram de ser entregues.

Leia mais

Servidores denunciam atraso em entrega de cesta básica em Artur Nogueira

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.