25/03/2020

Agricultores cedem tratores para pulverizar Artur Nogueira

Oito Caminhões pipa e trinta tratores foram disponibilizados para a ação

Mariana Avanzzi

Toda a cidade de Artur Nogueira foi pulverizada na noite desta terça-feira (24). A prefeitura pediu ajuda de agricultores do município que cederam tratores e máquinas para que todas as ruas recebessem a pulverização.

A ação foi uma parceria entre os agricultores e a prefeitura. Para isso, empresários emprestaram oito Caminhões Pipa e agricultores emprestaram 30 tratores. Cerca de 100 pessoas estiveram envolvidas para que tudo desse certo. Dessa maneira, a cidade inteira recebeu o produto de desinfectação, uma mistura de água e cloro.

Medida adotada foi aplicada no período noturno, por volta das 19h e se estendeu até 00h. Essa ação para combater a doença já foi adotada em outros países e Artur Nogueira foi a primeira cidade do estado que a adotou como forma de prevenção.

Para o prefeito Ivan Vicensotti, a união dos agricultores é admirável perante a crise que o país está vivenciando. “Fico extremamente grato em poder contar com eles e os considero como heróis mesmo. Desde a primeira reunião que fizemos, eles não mediram esforços para nos ajudar. Agradeço a Deus por ter essas pessoas maravilhosas ao lado do povo”, expressou Ivan.

Os moradores também ficaram surpresos com a situação.”É um momento difícil pra gente porque muitas vezes não sabemos o que fazer e isso assusta. Saber que as autoridades estão tomando atitudes de prevenção para nos proteger da pelo menos uma sensação de mais segurança e até acalma um pouco”, comentou a moradora Cida Aparecida que foi surpreendida com a ação.

A  prefeitura está se organizando para que a cidade receba a pulverização em outros dias da quarentena.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.

 

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.