28/07/2017

Vice-presidente da Corporação 24 de junho explica benefícios do voluntariado

Gilberto de Lelis Ribeiro é psicólogo, trabalha em Campinas (SP) e separa tempo em sua rotina semanal para se dedicar ao voluntariado

Nathália Lima

O convidado desta quinta-feira (27), no Nogueirense Cultural, é um psicólogo de Artur Nogueira que atua, desde 2011, como voluntário na Corporação 24 de Junho. Gilberto Ribeiro atua, hoje, como vice-presidente da instituição nogueirense, e explicou, durante o programa, quais são os principais benefícios tanto da música, quanto do voluntariado na vida de quem os pratica.

Durante a conversa, Ribeiro comentou como conheceu a Corporação e quais foram seus principais motivos para buscar fazer parte do grupo de ajudadores. “Na época, meu filho tinha apenas 6 anos e nós fomos conhecer a Corporação. Ele ficou encantado pelo som da flauta e decidiu que queria aprender a tocar aquele instrumento. Minha relação com a equipe já começou nessa época”, explica o voluntário. De acordo com Ribeiro, para ser voluntário é preciso que a pessoa pense e tenha consciência de onde realmente pode somar esforços. “Eu sempre me pergunto se vou ser útil, tanto para atender meus pacientes, quanto para me engajar em qualquer outra iniciativa. Na Corporação, eu percebi que podia contribuir, e a caminhada até aqui tem sido de muito crescimento e gratidão”, assevera.

Ao longo do programa, o psicólogo ainda comentou a respeito da importância e das interferências que a música implica a quem não a utiliza com cautela. Segundo o profissional da saúde, “é preciso cuidar com o que se escuta”, pois a música pode ser parte de um processo de cura, ou pode piorar quadros delicados de saúde. “Existe um tipo de tratamento que se chama ‘Musicoterapia’. Muitos profissionais têm buscado na música resultados positivos nos quadros de seus pacientes. A música, por si só, não pode curar, mas ela faz parte de um quebra-cabeça e, se não utilizada com responsabilidade, pode agravar quadros específicos”, explicou o vice-presidente.

No Nogueirense Cultural, foi entregue o prêmio a quem respondeu corretamente ao quiz “Qual é o filme?”. O mais novo livro do filósofo Mário Sérgio Cortella “Por que fazemos o que fazemos?” foi um oferecimento da seguradora Bueno & Berton, parceira do Portal Nogueirense. Outras informações a respeito da entrevista você acompanha no vídeo completo desta quinta-feira (27).

Assista na íntegra o programa Nogueirense Cultural:


.……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.