28/07/2016

Veterinário de Artur Nogueira dá dicas de como treinar seu cão para ir ao banheiro

Confira as dicas do veterinário Leopoldo Ferreira de Camargo

Treinar o seu cão para ir ao banheiro de modo correto pode ser fácil ou difícil. A diferença está na quantidade de tempo e na dedicação que você está disposto a colocar nesse treinamento. Siga essas dicas simples para colocar seu filhote no caminho certo para uma vida sem acidentes.

VOCÊ SABIA?

O tempo que leva para treinar um cão a ir ao banheiro corretamente depende da raça do cão. Cães maiores tendem a aprender mais rápido do que os de raças pequenas.

Um cão com dificuldade para urinar ou que urina em várias pequenas poças em um curto espaço de tempo pode estar precisando de atenção médica. Pets têm infecções de bexiga como os humanos, e, como eles não podem te contar o que está errado, você deve ficar atento aos sinais.

Urina fétida e com cor estranha é outra indicação de que está na hora de nos telefonar!

Crie uma rotina

Decida por uma rotina e siga-a! Em uma família onde várias pessoas são responsáveis pelo filhote, coloque a rotina dele em um local que todos possam ver. Lembre-se que filhotes precisam de mais passeios que os cães adultos. Você precisará caminhar duas vezes numa manhã com seu filhote, mas, quando ele for adulto, você poderá eliminar uma dessas caminhadas.

Caminhadas para ir ao banheiro também são necessárias após a refeição, após um cochilo e após brincadeiras. Reduzir o número de vezes que o seu filhote ficará sem uma caminhada para ir ao banheiro limitará as chances de “acidentes” dentro de casa. Se você puder, planeje ficar em casa com seu filhote durante a primeira semana dele com você. Isso reforçará o treinamento de banheiro e irá ajudá-lo a se ajustar.

Sempre vá a um lugar e lembre-se por que está lá.

Traga seu filhote sempre ao mesmo lugar do lado de fora, cada vez que você quiser que ele vá ao banheiro. Não o deixe brincar, cheirar ou explorar nada ao redor até que ele se alivie. Fazendo isso, você está dizendo a ele que quando você sair, primeiro vá ao banheiro e aqui é o lugar para isso.

É importante ensiná-lo que o banheiro vem antes da brincadeira. De outro modo, você poderá ficar do lado de fora, esperando a hora que ele esteja com vontade. Filhotes precisam de consistência, e ir ao banheiro sempre na mesma hora e local é um ótimo início.

Recompense imediatamente

Assim que ele se aliviar, tenha um petisco já em sua mão para ser oferecido a ele. Nunca hesite em dar um petisco. Se você esperar até mais tarde, ou depois que ele entrar em casa, não ficará claro porque você está dando o petisco. Um petisco oferecido assim que o filhote se alivia irá reforçar a mensagem de que ali fora é o banheiro.

Elogie-o bastante enquanto oferece o petisco. Mesmo que seu cão não entenda as palavras: Bom menino! ou Boa menina! eles entendem o tom de voz utilizado quando você os elogia.

É uma boa ideia usar uma caixa de transporte quando você não está em casa. Isso evitará acidentes perdidos pela casa. Cães irão tentar não sujar o local onde dormem e a caixa irá reforçar a rotina de que o banheiro é do lado de fora. Para evitar um acidente na caixa, compre uma em que o filhote caiba bem ou preencha uma caixa grande com uma caixa de papelão vazia.

Estes são os três aspectos mais importantes do treinamento de banheiro. Usando rotinas, um local apropriado para a sujeira e um sistema de horários, recompensados com petiscos, você preparará seu filhote para um futuro sem acidentes. Tenha certeza que toda família conhece os passos e irá colaborar. Rotinas e dedicação são as chaves para tornar um treinamento de banheiro bem sucedido!


IMG_772a8-1469713392Leopoldo Ferreira de Camargo, médico veterinário CRMV-SP, pós graduado em Odontologia de pequenos animais pela Universidade de São Paulo (USP)


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.