16/12/2016

Postes de Artur Nogueira passam por manutenção após implantação de tecnologia inédita

Equipamento garante troca de lâmpadas queimadas em até 48 horas

Leonardo Saimon

IMG_9886-1468438420

Quase 8 mil pontos de iluminação pública em Artur Nogueira devem passar por manutenção após implantação de tecnologia inédita no estado de São Paulo,  a qual garante a troca de lâmpadas queimadas em até 48 horas. Cerca de 6.571 postes de ruas e avenidas e 1.128 iluminação de praças serão restaurados.

Na última terça-feira (13), o Consórcio Intermunicipal de Saneamento Ambiental (Consab) entregou os relatórios, mapas e CD referentes aos levantamentos de Pontos de Iluminação Pública com a finalidade de patrimoniar e fazer os lançamentos na contabilidade da Prefeitura de cada município.

Inicialmente estava prevista a manutenção de mais de 7 mil pontos, mais de 6.844 postes de iluminação em ruas e avenidas e 426 de praças. Foi constatado também que deste total, apenas 28 são de responsabilidade da cooperativa de energia Cemirim. Outros municípios que integram o consórcio também recebem este tipo de equipamento. Os recursos foram disponibilizados ao município em seis parcelas de R$ 5.649,97, totalizando R$ 33.899,80 para viabilizar a obra.

O material entregue contém os dados de todos os pontos de iluminação pública de cada município, com o georreferenciamento, coordenadas GPS e inventário com etiquetamento em postes de iluminação pública. Essas informações constam no software do Consab e contém dados com detalhes como o braço, luminária, poste, tipo e potência das lâmpadas e largura do logradouro.

consab-1481717205

“A importância no trabalho de emplacamento e georreferenciamento dos pontos de iluminação pública é sobretudo a facilidade na identificação do local da ocorrência e suas particularidades, como tipo de poste, lâmpadas e potência (watts), facilitando o trabalho de manutenção. E o que mais caracteriza o conjunto do trabalho é a inovação”, ressaltou Giordano Santana, diretor da empresa responsável pelo trabalho.

De acordo com o coordenador do CONSAB Dimas Starnini, o CONSAB tem realizado um trabalho inédito na Região Metropolitana de Campinas (RMC). “Nesse contexto, tem como resultado a eficiência nos trabalhos diários de manutenção e correção das demandas no parque de iluminação pública. O valor aplicado pelos 7 municípios foi de R$ 442.000 em 6 meses de trabalho”, destacou.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.