24/03/2016

Fabiana Balieiro: A prática do empreendedorismo

“A atividade empreendedora analisa os procedimentos com uma “pitada” de criatividade e levando em consideração a subjetividade de seus colaboradores e clientes”.

O empreendedorismo é a pratica de se ajustar constantemente a demanda do mercado profissional, criando estratégias para adaptar-se e manter-se em um cenário de constantes mudanças, com maior quantidade de produtos e serviços disponíveis, um público mais exigente por preço, qualidade e inovação, com maior facilidade de acesso as informações e uma concorrência cada vez mais agressiva.

A atividade empreendedora surge diante de um cenário nacional rico, culturalmente diversificado e normalmente se dá por dois motivos: pela OPORTUNIDADE, para pessoas com habilidades empreendedoras natas, que conseguem sentir o mercado e aproveitar sua demanda, ou por NECESSIDADE, para potencializar um sujeito ou negócio já existente, visto nem todos os negócios existentes terem, de fato, um profissional empreendedor em sua direção. Se, na primeira possibilidade de surgir uma atividade empreendedora, falo de habilidades natas, aquelas que já nascem com o sujeito e fazem parte de sua personalidade, sinto que é importante frisar que muitas habilidades também podem ser desenvolvidas, dando margem para a construção da “personalidade empreendedora”.

person-731479_960_720

É importante estar muito claro a necessidade de empreender, ao invés de, apenas administrar uma empresa. A administração costuma ser voltada para procedimentos, trabalhando fundamentalmente com números e planilhas. Já a atividade empreendedora analisa os procedimentos com uma “pitada” de criatividade e levando em consideração a subjetividade de seus colaboradores e clientes, potencializando assim, todas as etapas do negócio. O empreendedor proporciona inovações, muda procedimentos e agrega valor à marca, serviço ou produto final, sendo responsável pela competitividade permanente da organização.

Para empreender é preciso estar capacitado e qualificado para a área de atuação, aqui falo de conhecimento, principalmente sobre o produto e seu consumidor final. Porém, somente o conhecimento não é suficiente. É preciso fazer acontecer! Uma das maiores características do comportamento empreendedor é assumir riscos. Riscos calculados e com foco em resultados que tornarão o negócio sustentável e rentável para o amanhã.

Quer saber quais são as habilidades necessárias para um empreendedor de sucesso? Falaremos sobre isso em nosso próximo artigo!

Fabiana Balieiro é psicóloga e coach,

fabi


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.