17/06/2016

Moradora de Artur Nogueira encontra tucano no quintal de casa

Ave que estava com as asas cortadas foi retirada pela Guarda Ambiental e levada ao Sítio Arurá.

Da redação

WhatsApp-Image-20160617 (1)_a4c8f7494bf6462244d0abcfefed664c51100316

Um tucano foi encontrado por uma moradora do Parque Itamaraty, em Artur Nogueira, dentro do quintal da casa em que ela reside. A ave estava com as asas podadas, o que a impedia de voar. A moradora entrou em contato com a Guarda Ambiental que retirou o pássaro do local e o levou à uma propriedade de acolhimento animal no município. O pássaro não tinha lacre de identificação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), o que é crime segundo a Lei de Crimes Ambientais.

Segundo informações da moradora do Parque Itamaraty, Stefane Bernarecki, de 26 anos, ela notou a presença do tucano ao sair no quintal da residência, por volta das 6h30. O pássaro estava com as asas cortadas e não tinha lacre de identificação que indicasse ser um animal regularizado pelo Ibama. “Acho que era um animal de cativeiro, criado em alguma casa aqui por perto. Ela acabou escapando e veio pra cá ”, afirma Stefane.

A moradora acionou a Guarda Ambiental de Artur Nogueira. A corporação da Guarda Civil Municipal (GCM) declarou que os agentes estiveram na casa da moradora e retiraram a ave. Ainda segundo a GCM, o tucano foi levado para o Sítio Arurá, localizado na Rodovia Prefeito Aziz Lian (SP-107), próximo à Holambra. A propriedade funciona como um centro de acolhimento e criação animal.

WhatsApp-Image-20160617_c9d012f4eb466e5bcb37c66860f92dc549ce1312

Crime previsto em lei

De acordo com o artigo 29 da Lei de crimes Ambientais (9.605/98), “matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente”, pode acarretar em “detenção de seis meses a um ano, e/ou multa”.

Denúncias relacionadas a crimes ambientais podem ser feitas à Guarda Ambiental e Guarda Civil Municipal pelo telefone 153.

………………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.