06/10/2016

Judoca de Artur Nogueira fala de experiência competindo na Europa

Após 22 dias no Velho Continente, Heitor Prado fala sobre trajetória e expectativas.

Por Michael Harteman

Um judoca de 17 anos tem chamado a atenção por sua qualidade. Heitor Prado, criado em Artur Nogueira, hoje está treinando em um dos melhores projetos de judô do país. O Atleta acaba de voltar de um estágio na Europa, onde passou por cinco países e disputou diversas competições.

Heitor Prado nasceu em Limeira/SP, mas só nasceu. Sua infância e adolescência foram vividas na cidade “Berço da Amizade”. O interesse pelo judô surgiu aos 11 anos e, a partir daí, iniciou o treinamento no Projeto de Judô da Prefeitura de Artur Nogueira. O primeiro treinador foi Rodolpho Lavoura. Mais que um treinador, Rodolpho é um gerador de talentos e tem o trabalho solidificado na cidade.

dsc_3743-1472741586-1472745747-1475779365

“Heitor é um atleta em formação, com muito potencial. Sempre apresentou muita facilidade em aprender devido à grande riqueza de seu repertorio motor”, afirma Rodolpho. O professor ainda ressalta que era necessário que Heitor continuasse sua evolução num projeto de Judô mais forte. “Ele está treinando com o melhor projeto de judô do Brasil, com profissionais excelentes”, completa.

Heitor se mudou para Araras/SP a fim de integrar parte da Academia Mercadante de Judô. O judoca conta que a mudança o fez crescer em vários aspectos. “Nesse um ano e oito meses que estou aqui, amadureci em todos os sentidos. Sou uma pessoa e um atleta melhor”, comenta.

O judoca acaba de chegar de um estágio na Europa. No velho continente, Heitor passou por cinco países e participou de competições e treinamentos. “Foram três competições na Europa, uma na Áustria, outra na Bélgica e uma na Polônia. Na Áustria fiquei em segundo lugar no sub 21 e sênior. Na Bélgica lutei o sub 18 e o sub 21. Fui terceiro colocado no sub 21. Na Polônia foi a competição mais difícil, ali tinham mais de trinta países. Lá eu não medalhei, mas fiz boas lutas”, explica.

Um atleta que almeja conquistar o topo de uma modalidade está sempre atento às necessidades de evoluir no esporte, e não é diferente com Heitor. “Ganhei muita experiência por lá [intercambio na Europa], mas vejo que preciso evoluir na parte técnica e principalmente na força física”.

Perguntado sobre qual seria seu maior objetivo na atualidade, o judoca responde rapidamente: “estar nas Olimpíadas de Tóquio, em 2020”. Estrutura não falta. A capacidade da Academia Mercadante de Judô, aliada à força de vontade de Heitor Prado, são mais que suficiente para torna-lo, em breve, um judoca de excelência no esporte nacional.

unnamed-copia-1474039989-1475779368


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.