09/10/2017

Jovem de Artur Nogueira revela como inglês a ajudou no mercado de trabalho

Em apenas três meses, Júlia Pulz conta que já tem se adaptado com o idioma

Informe publicitário

Em meio à crise, Júlia Pulz conta que conseguiu um emprego em uma empresa renomada de Artur Nogueira. Para sua surpresa, ela se deparou com uma situação inusitada. Por ser uma multinacional, Júlia percebeu que o inglês fazia parte da filosofia do seu novo local de trabalho. Foi então que a estudante entendeu que para que ela se adaptasse a esta nova função ela deveria buscar uma escola de idiomas e aprender uma nova língua.

Foi neste momento que a jovem procurou a Optimum – Inglês Profissional e resolveu mergulhar de cabeça nesse universo. O que Júlia não imaginava é que em três meses de curso seu aproveitamento iria ser tão positivo.

“As aulas precisavam ser em português porque eu não entendia nada. Mas hoje é diferente”, garante a estudante. Ela optou pela modalidade ofertada principalmente aos jovens, chamada pela escola de Inglês Intercultural.

Além de ficar inteirada nos assuntos que estão rolando ao redor do mundo, Júlia relata que as aulas são recheadas de momentos dinâmicos e de descontração, onde os conteúdos são expostos de maneira inteligente.

Confira a entrevista abaixo:

Como surgiu seu interesse pelo inglês? Antes eu fazia por hobby, pois era algo que eu achava legal. Agora tenho percebido a necessidade de se fazer um curso de inglês. Principalmente depois que eu comecei a trabalhar. Foi aí que descobrir o quanto é muito importante.

Você estuda inglês há quanto tempo? Há três meses.

Como você avalia seu crescimento de lá para cá? Hoje eu consigo me expressar e entender o idioma. Eu avancei muita durante esse período em vários aspectos. Eu lembro que antes as aulas precisavam ser feitas todas em português. Agora não. Eu consigo conversar e entender tudo que a professora fala em inglês.

Qual foi sua maior motivação para iniciar o curso? O trabalho, sem dúvida. Hoje eu trabalho com marketing e vendas internas. A empresa onde eu atuo é uma multinacional, então quando eu entrei eu senti a necessidade mesmo de ter o inglês. Quando eu comecei a fazer o inglês, eu já tive outras percepções. As mudanças foram bem visíveis. Hoje, pretendo continuar fazendo porque tem contribuído bastante para o meu desempenho como profissional.

Como funcionam suas aulas? Eu faço aulas aos sábados, das 14 às 16 horas. Nessas aulas a gente segue um livro, mas há bastante conversação também. A gente pratica muito! Além disso, eu tenho atividades para fazer em casa, e busco sempre me aprofundar no idioma por conta própria. Quanto aos professores, a gente tem contato direto pelo WhatsApp. Então se surgir alguma dúvida durante a semana, eles estão disponíveis para atender.

E o que muda quando você aprende um novo idioma? Nossa, muita coisa. Você começa a querer aprender mais dessa nova língua. Você passa a ter curiosidade sobre essa nova cultura. Quando eu aprendo coisas novas, fico bem feliz. Tenho gostado dos resultados.

Você esperava ter esse desempenho tão rápido? Não, não esperava. Imaginei que eu ia demorar para entender. Uns seis meses, talvez um ano não sei.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.