31/01/2015

ENTREVISTA: Agrônoma de Artur Nogueira cultiva mais de 30 mil mudas de árvores

Clarice Kuriyama fala sobre a importância das árvores para a cidade

capa2“Árvores trazem qualidade de vida para as pessoas” (Clarice Kuriyama)

…………………

Alex Bússulo

Amante da natureza, Clarice Sayumi Kuriyama construiu um viveiro com mais de 30 mil mudas de árvores em Artur Nogueira. Engenheira agrônoma, formada pela UNESP de Ilha Solteira/SP, ela cultiva cerca de 80 espécies, entre nativas, exóticas e ornamentais no município.

O Viveiro Agroflorestal Sudeste fica localizado em um sítio da família de Clarice na zona rural do bairro São Bento, em Artur Nogueira. Lá, ela própria planta e cuida das mudas que são vendidas a partir de R$ 5.

“Decidi cultivar mudas de árvores porque queria trabalhar com algo que causaria uma melhora no planeta. Árvores trazem qualidade de vida para as pessoas, tornam as cidades mais bonitas e proporcionam uma chance de sobrevivência para a fauna”, afirma a agrônoma nogueirense.

IMG_0863

Na entrevista desta semana, Clarice fala sobre a importância das árvores para uma cidade, avalia as áreas verdes de Artur Nogueira e as consequência do desmatamento. Confira a seguir.

Você considera Artur Nogueira uma cidade arborizada? Em alguns pontos a cidade é arborizada, mas muitos bairros deixam a desejar em termos de arborização, porque sendo uma cidade considerada pequena poderia ter um planejamento melhor com árvores adequadas que garantam melhor qualidade de vida para a população em termos de conforto de incidência solar e maior beleza na paisagem da cidade.

Qual a relação entre a falta de água em Artur Nogueira com a falta de árvores? Quando as nascentes, rios e represas não são protegidos adequadamente por uma mata ciliar há entrada de terra nesses locais soterrando e assim diminuindo a disponibilidade da água para o abastecimento. E é o que tem acontecido em Artur Nogueira, uma conservação inadequada de uma importante fonte de uso da população.

Existe alguma espécie que favorece a recarga dos lençóis freáticos em uma cidade? Existem algumas espécies que são mais adequadas a estes locais com maior umidade no solo e que melhoram a qualidade do ambiente de emergência dessas águas, como exemplo, o capixingui, ingá do brejo, cedro do brejo, entre outras.

E os eucaliptos? Eles absorvem bem os lençóis! Os eucaliptos são árvores que consomem uma quantidade de água bem maior do que outras plantas.

3

É raro encontrarmos árvores em volta da Represa Cotrins. O próprio córrego que leva o mesmo nome da represa e o Rio Poquinha também possuem pontos de desmatamento, mesmo sendo importantes mananciais para Artur Nogueira. Quais as consequências da falta dessas matas ciliares? Assoreamento e assim menos disponibilidade de água, porque o espaço que poderia ter água está ocupado com lama. Caso não seja feito nada esses locais podem futuramente ser completamente soterrados e desaparecer.

Qual a sua opinião sobre os Ipês plantados na Avenida Dr. Fernando Arens? Se forem de porte médio e com poda adequada para não atingirem a fiação elétrica, acredito que não haja problemas na escolha da espécie.

A maioria das árvores localizadas no Cinturão Verde, ao lado da Feira Livre de Artur Nogueira, é Fícus Benjamina, uma espécie que vem causando dores de cabeça em moradores que estão tendo as casas prejudicadas pelas raízes, que acabam perfurando tubulações, redes de água e esgoto. Essas árvores são próprias para essas áreas urbanas? O Ficus Benjamina é uma espécie exótica usada com interesse ornamental, assim muitos tem plantado essa espécie em local inadequado. Essa árvore deve ser plantada em local de área extensa como grandes praças e fazendas e de forma isolada, já que possuem raízes agressivas que causam danos nos obstáculos em seu caminho para o desenvolvimento. Em caso de estarem causando danos às propriedades podem ser cortadas com a devida autorização da prefeitura. Devem procurar plantar espécies mais adequadas ao local, com porte e características melhor estudadas e que não causem novos problemas futuros.

O solo de Artur Nogueira é considerado fértil para o plantio de árvores? O município de Artur Nogueira encontra-se numa região de transição entre a Mata Atlântica e o Cerrado, assim pode abrigar espécies desses dois biomas.

1

Qual a importância de se plantar árvores? Melhora a qualidade de vida da população, há espécies que servem de filtro para a poluição, filtro sonoro e menor incidência solar, proporcionada pela sombra e menor sensação térmica. Ajudam a reduzir a erosão, porque a água da chuva não bate diretamente no solo, tendo o solo maior tempo para absorver a água da chuva e assim tendo menor escorrimento superficial da água. E fora que serve como fonte de alimento e abrigo para animais que se encontram cada vez mais oprimidos pela falta de florestas disponíveis.

Qual espécie você indica para aquele morador que deseja plantar uma árvore na própria calçada? Plantas de porte pequeno a médio, porque é mais fácil fazer a manutenção da copa, como flamboyant mirim, pata de vaca, quaresmeira, entre outras de acordo com o gosto do cidadão, mas antes de tudo fazer uma boa pesquisa para evitar irritações futuras, como raiz que não seja agressiva, ver se o espaçamento da área está adequado com a legislação de arborização urbana.

Quais são as espécies mais procuradas atualmente em seu viveiro? Esse gosto varia muito de acordo com a finalidade que cada um quer, mas há procura de ipês, pata de vaca, chorão, entre outras.

O que são árvores nativas? E as exóticas? Qual a diferença entre elas? As árvores nativas são plantas originais do local, no nosso caso, do território brasileiro, como ipês, pau formiga, casca d’anta. Exóticas são plantas trazidas de fora da região, como é o caso do ipê de jardim, que é de origem mexicana, e o flamboyant, trazido da África.

Quais cuidados devem receber uma muda após o plantio? Principalmente disponibilizar água em épocas secas, nos primeiros meses. Adubação e capina em volta da planta nos primeiros dois anos, visando condição para a planta sobreviver.

2


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.