26/05/2016

Corpus Christi concentra mais de três mil fiéis em Artur Nogueira

Fiéis celebraram missa no Ginásio Municipal e seguiram em procissão até a Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores.

Da redação

Cerca de 3 mil pessoas participaram da missa de Corpus Christi desta quinta-feira (26) em Artur Nogueira. A missa foi celebrada pelo Padre Édson Adélio Tagliaferro, no Ginásio Municipal Maurício Sia. Após a celebração, os fiéis seguiram em procissão pela Rua Floriano Peixoto e pela Avenida Fernando Arens, em uma caminhada sobre o tradicional tapete de Corpus Christi, confeccionado durante a manhã pelas comunidades católicas e pastorais do município. A procissão encerra na Igreja Matriz Nossa Senhora Das Dores, onde acabam as celebrações.

IMG_2292_1496988d59c53f97299bf1071f5d6df3ee3ad39d

A comunidade católica de Artur Nogueira iniciou as atividades do Corpus Christi logo cedo, por volta das 7 horas da manhã. Aproximadamente 200 pessoas, divididas entre comunidades e pastorais, trabalharam na confecção do tapete, que mede pouco mais de um quilometro. Cada pastoral se responsabilizou por um trecho, que inicia em frente ao Ginásio Municipal Maurício Sia e vai até a Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores. A montagem do tapete, feita com materiais como serragem, sal grosso, calcário e pó de café, terminou por volta das 13 horas.

IMG_2444_2697e865a8ceef39fbc9e4903d0466220e91f112

IMG_2396_5070db598aa47ff3a9dad38bf2e67e389c708b68

A tradicional missa de Corpus Christi foi celebrada pelo Padre Édson Adélio Tagliaferro e concelebrada pelo Padre José Antônio. A cerimônia teve início às 15 horas no Ginásio Municipal Maurício Sia e reuniu cerca de 3 mil pessoas. Barracas de pipoca, suco e algodão doce se encontravam ao lado do ginásio. No interior, tanto a quadra como as arquibancadas estavam em lotação máxima para a celebração da missa.

Os fiéis destacaram a importância do dia de Corpus Christi. “O evento é muito importante, eu participo todos os anos, já faz parte de mim”, relata o aposentado Claudio Del Álamo, de 70 anos.

IMG_2388_0d3d7843f4e479089cd9d016c59cd977d8c7286c

Ednei Teixeira dos Anjos, de 31 anos, é coordenador dos ministros da Paróquia Santa Rita de Cássia e expressa satisfação em colaborar com a organização da cerimônia. “É o ápice da igreja, em que celebramos o pão e o vinho, sendo o corpo e o sangue de Cristo, além de todo o ensinamento deixado por Ele”, declara.

Logo após a cerimônia, os fiéis seguiram para a procissão. As mais de 3 mil pessoas realizaram a caminhada sobre o tapete enquanto entoavam hinos e orações. Ao chegarem na Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, no centro da cidade, os fiéis encerraram as comemorações.

“Me sinto muito feliz de participar deste trabalho tão bonito, desde a confecção do tapete até o momento da missa, receber o corpo de Cristo, é algo especial”, afirma Virginia Campos, de 63 anos.

IMG_2460_04cb8d38a7177e30abef4d9580ef65b9a6f579f1

O Padre José Antônio, que concelebrou a missa, frisa que o dia muito especial para a comunidade católica. “Todos se envolvem, essa é a melhor parte. Na procissão nós vemos crianças, idosos, jovens e adultos, todos unidos pelo mesmo objetivo. É um dia de reflexão e de gratidão”, reflete.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.