25/06/2017

Comissão da Expo Artur não firmará parceria com novo rodeio

Associação afirmou que não tem a intenção de participar do chamamento público que a Prefeitura abrirá para o Artur Nogueira Rodeo Festival

Da redação

O principal assunto abordado neste mês de junho pelos nogueirenses foi a Expo Artur. A temática veio à tona após a Prefeitura de Artur Nogueira propor o Projeto de Lei (PL) 019/2017, o qual previa a instituição de um novo rodeio no município, o “Artur Nogueira Rodeo Festival“.

Posterior ao surgimento do PL, os organizadores da tradicional Expo Artur divulgaram uma nota pública afirmando que o evento apenas ocorreria em 2018, já que este ano o grupo não teria apoio do Poder Executivo. A associação, que há 11 anos realiza a festa, deixou os moradores de Artur Nogueira e região apreensivos, e muitos deles se manifestaram à favor e parte contra o rodeio nas redes sociais.

Na sessão seguinte à apresentação do PL, a Câmara dos Vereadores decidiu prorrogar a discussão sobre a nova festividade, depois que foi pedido dispensa de pareceres, por parte do Executivo, para aprovar a iniciativa. O pedido, no entanto, foi negado pelos parlamentares que propuseram uma reunião entre membros da Expo Artur e da Prefeitura.

Com duração de 2h40, a discussão esclareceu pontos sobre os quais pairavam dúvidas na mente dos vereadores, seja a respeito do PL ou da organização e dos gastos da Expo Artur. O desfecho da tramitação terminou na aprovação do PL 019/2017, na semana passada, por seis votos a cinco, numa sessão repleta de munícipes e pontuada por momentos de tensão e bate-boca.

Assim, depois da instituição oficial do Artur Nogueira Rodeo Festival, a comissão da Expo Artur garantiu que não firmará parceria com o novo rodeio proposto pelo Executivo.

Confira a entrevista na íntegra com os organizadores da Expo Artur:

expo-1496795219-1498326110

O prefeito Ivan Vicensotti (PSDB) prometeu apoiar a Expo Artur quando era candidato? Sim, mesmo antes de ser eleito todas as promessas eram, não só de continuidade, como também de melhoria, tanto que foi divulgado em seu plano de governo.

Vocês procuraram a Prefeitura formalmente em 2017 para conversar sobre a realização da Expo Artur este ano? Procuramos sim. Foi na primeira quinzena de março, em uma conversa no gabinete onde estavam presentes representando o Executivo o prefeito Ivan Vicensotti, o secretário de Administração Anderson Guidotti e o presidente da Expo Artur Rodrigo Pereira. A resposta foi que poderíamos dar início aos trabalhos do evento deste ano e que a parceria continuaria a mesma.

Como funcionava o apoio do Poder Executivo à festa da Expo Artur? A Prefeitura apoiava de várias formas, sempre amparada através da lei 2.864/2007 que reconhece o evento de utilidade pública municipal. Nas primeiras edições havia a celebração de convênio mútuo entre a Expo Artur e a Prefeitura, a qual destinava verba para contratação de estruturas. Este convênio passava por aprovação na Câmara Municipal de vereadores. Após esta aprovação era realizada uma licitação na modalidade tomada de preços. A empresa vencedora deste certame, era a que apresentasse o menor preço dentre todas as participantes. Vale lembrar que este procedimento sempre foi acompanhado pelos órgãos de fiscalização e nunca foi constatada nenhuma irregularidade. Além desta forma, havia o apoio com cessão de uso do espaço por período pré-determinado, equipes de trabalho, tais como eletricista, guarda municipal e de trânsito, vigilância sanitária, Saean e brigadistas.


“Mesmo antes de ser eleito todas as promessas eram de continuidade e melhorias”


Foi afirmado que a Associação Expo Artur teria recebido R$ 260 mil da Prefeitura para fazer a festa em 2016. Isso é verdade? Se sim, o que foi feito com o dinheiro? Não é verdade, é bom que se explique que a verba nem sempre foi neste valor, nas primeiras edições variava entre R$ 90.000 e R$ 140.000 e sempre foi repassada pelo Executivo diretamente à empresa parceira do evento, nunca a Expo Artur recebeu qualquer valor. A verba foi usada para pagamento de shows, conforme notas fiscais apresentadas na oitiva com os vereadores.

É verdade que a Expo Artur nunca deu lucro para os realizadores? Sim é verdade, a Expo Artur é, conforme seu estatuto, uma associação sem fins lucrativos e, em caso de saldo positivo, este valor é usado diretamente para realização do evento do ano seguinte. Assim como o prejuízo é de responsabilidade dos organizadores do evento.

Durante a reunião com os vereadores, vocês afirmaram que poderiam realizar a Expo Artur sem uso de dinheiro público. Por que então não fizeram isso antes?  Para realização de eventos deste porte e gênero sempre existe uma empresa parceira. No caso específico da Expo Artur, esta empresa se encarrega da contratação de shows e boa parte das estruturas. em média 60% deste valor (1.500.000,00) é de responsabilidade da empresa parceira e o restante responsabilidade da comissão organizadora, por isso foi apresentado a parte referente a Expo artur. Este aporte financeiro, sempre foi e será necessário. Visto que para a realização do novo evento também haverá, através de um possível chamamento público. Ele serve como garantia em caso de eventual imprevistos. A partir do momento da resposta negativa do Poder Público, algumas empresas se prontificaram a apoiar o evento. Isto se deve à credibilidade alcançada pela comissão organizadora.


“A Expo Artur é, conforme seu estatuto, uma associação sem fins lucrativos”


Quais as contrapartidas ao apoio da Prefeitura que a Expo Artur já ofereceu ao município? As contrapartidas sempre aconteceram, da primeira à última edição do evento, seja em benfeitorias no Balneário Municipal como mais de 200 metros lineares de galeria pluvial, 4.500 m de pavimentação asfáltica, pintura da arquibancada do estádio e da faixada externa da terceira idade, doação de 14 postes de eucalipto tratado, aquisição de cabeamento para uso na Expo Artur e demais eventos públicos, como Carnaval e Encontro de Motos, entre outros; ou apoiando entidades do município em ações como doação da cobertura da primeira praça de alimentação coberta usada pelas entidades assistenciais no Encontro de Motos, doação de 55 cadeiras de roda a diversas entidades, doação de TV e DVD para o Lar Renascer, doação de 5 violões para a Corporação Musical 24 de Junho, doação de espaço para entidades nos Desfiles de Cavaleiros até hoje realizado pela Expo Artur, doação de ingressos comercializados por entidades no primeiro dia do evento, ação social “Desafio do Bem”, onde toda renda era destinada a entidade participante, tendo como ápice o ano de 2015 no qual foi arrecadado a Iefan (Vó Nair) o montante de 11.000,00. Além disso, foi realizado por 2 anos consecutivos no recinto, o Casamento Comunitário em parceria com o Poder Público. Doação de aproximadamente 5.000 brinquedos à crianças do município.

A Expo Artur 2017 ainda pode acontecer? A Expo Artur 2017 não irá acontecer, devido aos imprevistos, a falta de tempo para com a data programada e a dificuldade para se manter o padrão do evento.

A associação pretende participar do chamamento público que a Prefeitura abrirá para o Artur Nogueira Rodeo Festival? A intenção não é de participar deste chamamento, é de realizar o evento “Expo Artur” em outra oportunidade.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.