25/11/2017

Cerimônia gradua 265 judocas de Artur Nogueira

7ª edição do evento aconteceu no Ginásio da Escola Monteiro Lobato

Da redação

A 7ª edição da cerimônia de graduação dos alunos do Projeto Judô Esporte Social de Artur Nogueira aconteceu neste sábado (25), às 20 horas, no Ginásio da Escola Monteiro Lobato. Duzentos e sessenta e cinco alunos receberam certificados e novas faixas. O evento contou com a presença de aproximadamente 1200 pessoas entre pais, alunos, atletas e convidados.

Dentre os destaques que fizeram parte do evento neste ano esteve Michele Correia, a primeira judoca deficiente visual de Artur Nogueira. Ela fez um discurso de abertura e cantou com mais duas convidadas. Estavam presentes o prefeito Ivan Vicensotti, a secretária de Educação Elaine Vicensotti Boer e o secretário de Esportes Alexandre Chichurra.

Alguns momentos foram marcantes para quem assistia a cerimônia.  Atletas dançaram tango na abertura do evento, o público iluminou a quadra com as lanternas dos celulares em um momento em que as luzes foram apagadas e alunos foram homenageados. Entre eles, o atleta Lucas da Costa Brito, judoca de Artur Nogueira que faz parte da Seleção Brasileira. O professor  Rodolpho Lavoura também contou que no ano que vêm a escola Pequeno Aprendiz será um dos espaços onde também acontecerá o projeto.

“É o dia de consagrar o aprendizado que eles colheram durante todo o ano de 2017”, declara Lavoura. O projeto está na 7º edição e para o professor é uma felicidade muito grande acompanhar o crescimento dos alunos desde o primeiro ano. “Hoje já temos três faixas pretas formados mediante a Federação Paulista de Judô e a Confederação Brasileira de Judô”, relata. Eles, que serão professores do projeto, começaram no início, em 2011 e continuam no esporte até agora.

Silvia Ramos, agente de saúde, é mãe do atleta João Vitor dos Santos Ramos, de oito anos. Para ela, é uma alegria participar da primeira graduação do filho, que desenvolveu disciplina depois de começar a praticar judô. “O primeiro campeonato em que ele ganhou em 3º lugar me emocionou, mas a graduação é realmente inesquecível”, afirma.

Segundo o secretário de Esportes, o projeto é uma oportunidade de revelar talentos que representarão a cidade nos próximos anos. “Esse projeto todos os dias cria atletas como o Lucas, que se tornou campeão e levou o nome Artur Nogueira para fora da cidade”, finaliza Chichurra.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.