04/11/2016

Cerca de 3 mil alunos devem fazer Enem em Artur Nogueira

Portões serão abertos por volta das 12 horas dos dias 5 e 6 de novembro

Leonardo Saimon

São esperados para este fim de semana, cerca de 2,7 mil estudantes em Artur Nogueira para realizarem a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A prova está marcada para os dias 5 e 6 de novembro e os portões estarão abertos a partir das 12 horas, com previsão de fechamento às 13h.

Em todo o estado de São Paulo, são esperados mais de um milhão e meio de pessoas o que representa cerca de 16% de todo o Brasil. Ao todo, 209 municípios devem sediar o teste no estado. Alunos das demais cidades onde não há locais de prova, foram encaminhados para municípios próximos para a realização do exame.

A estudante Milena Brito, de 18 anos, por exemplo, fará a prova na escola José Aparecido Munhoz. Milena diz estar nervosa, mas espera ter um desempenho positivo este ano. A jovem pretende fazer arquitetura em uma universidade partícula e fará o exame para conseguir uma bolsa de estudos. “Eu espero ter um resultado melhor do que ano passado porque na época não fui tão bem. Mas este ano pretendo me sair melhor”, conta Milena.

Por ser adventista, Milena fará a prova como sabatista. Neste caso, o aluno entra no horário normal junto com os demais participantes, mas só começa a prova depois das 19 horas. Para isso, Milena levará um lanche para poder aguardar a prova até o horário. “Eu acredito que vai ser cansativo, mas se é o único jeito então eu farei”, comenta.

O Enem foi criado em 1998 visando avaliar o desempenho dos estudantes após conclusão do educação básico. A partir de 2009, passou a ser utilizado também como mecanismo de seleção para o ingresso no ensino superior em instituições de ensino estaduais e federais. Atualmente, universidades brasileiras particulares adotam o exame para ingresso em seus cursos de graduação.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.