12/12/2016

Câmara rejeita projetos para doação de áreas em Artur Nogueira

Votação de 10 votos a 1 aconteceu nesta segunda-feira

Daniela Fernandes 

A Câmara Municipal de Artur Nogueira votou contra os projetos de leis (PL) complementares – emitidos pelo prefeito Celso Capato – que visavam a doação de terrenos para quatro empresas. A votação aconteceu na noite desta segunda-feira (12) e o resultado terminou em 10 votos contrários e 1 à favor, advindo de Valdelício da Silva Barbosa, o Lari Baiano.

img_00293-1481587758

O desfecho ocorreu após a solicitação de vista da vereadora Zezé da Saúde para cada PL. Segundo a vereadora, a Casa estava indecisa com relação ao assunto. “Eu acho que os vereadores se conscientizaram que em final de mandato nós não podemos fazer doação. Temos que ter consciência daquilo que é realmente correto. E o certo é fazer o processo de licitação”, afirma. A votação foi sucedida por muitos aplausos do público que lotou a Câmara.

img_0026-1481587751

A atual vereadora e futura vice-prefeita adianta ainda que, durante mandato no Poder Executivo, lutará para disponibilizar um terreno para a Instituição Evangélica Filadélfia de Artur Nogueira (Iefan), da Vó Nair. “Já temos a planta da futura construção. Isso é minha prioridade. Quem manda crianças em condições de vulnerabilidade social para ela são entidades da própria Prefeitura, como o Cras, Creas e Conselho Tutelar, por exemplo. Nada mais justo que uma área seja doada para a Iefan. Essa será uma prioridade na minha gestão”, promete.

img_0155-1481588606

Segundo nota emitida pela Prefeitura, o objetivo das doações era incentivar novos investimento em Artur Nogueira, visando gerar mais empregos para a população local. “A contrapartida da empresa beneficiada pelo respectivo incentivo municipal é a construção e o funcionamento de sua unidade e a posterior geração de empregos”, expõe.

Empresas que seriam beneficiadas

As doações eram destinadas à construção de instalações e funcionamento de novas sedes da VAS Transportes LtdaPromatex Confecções Indústria e Comércio LtdaColeta CTMR – Limpeza e Construção Ltda e Quality Estruturas Metálicas Ltda.

A empresa que receberia a maior área seria a CTMR, que atualmente possui sede em Holambra. Ao todo, o lote pretendido mede 4.071,64 m² e está localizado no Parque Industrial Batistela, assim como o terreno da VAS (3.485,05 m²). Os outros dois – Promatex (2.721,56 m²) e Quality (3.940,81 m²) – estão situados no Parque Industrial Itamaraty.

Outra votação

Além disso, a Câmara também rejeitou o projeto que autorizava a Loja Maçônica a construir um obelisco na entrada da cidade. A votação, no entanto, foi 6 votos a 5. Zezé da Saúde, Ermes Dagrela, Silvinho Conservani, Deí da Escola, Luis Fernando Dias e Dailton Barbosa votaram contra e Lari Baiano, Valdecir Martins, José Pedro Paes, José Barbosa e Amarildo Boer votaram à favor.

img_0038-1481589626


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.