22/02/2016

Artur Nogueira sobe 292 posições no Ranking Ambiental Paulista

Cidade obtém maior nota de sua história desde a criação do programa Município Verde Azul, em 2008

Artur Nogueira subiu 292 posições no Ranking Ambiental do Estado de São Paulo. Segundo o programa Município Verde Azul, promovido pela secretaria estadual de meio ambiente, Artur Nogueira alcançou na edição 2015 a 280ª colocação ao obter a nota 46,3, a maior de sua história desde a criação da avaliação do sistema ambiental paulista, em 2008. 618 municípios do estado de São Paulo participaram do programa.

O Programa Município VerdeAzul (PMVA) tem o inovador propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental e seu principal objetivo é estimular e auxiliar as prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do estado de São Paulo.

A avaliação realizada pela secretaria do meio ambiente do Governo de São Paulo leva em consideração o desempenho do município em 10 temas estratégicos, como Esgoto Tratado, Resíduos Sólidos, Biodiversidade, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Cidade Sustentável, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Estrutura Ambiental e Conselho Ambiental.

Segundo o prefeito Celso Capato, a expressiva evolução de Artur Nogueira é resultado direto de importantes investimentos públicos que estão sendo feitos no município desde 2013, especialmente nas áreas de captação, tratamento e distribuição da água e também de saneamento básico.

ciclovia2

“Os resultados estão começando a aparecer agora. Evoluiremos ainda mais nos próximos anos no ranking ambiental. Encontramos inúmeros desafios e com muito trabalho estamos conseguindo avançar significativamente na melhoria do abastecimento e água e no tratamento de esgoto. Artur Nogueira está muito perto de ter pela primeira vez em sua história duas estações de tratamento de esgoto. Logo que entrarem em funcionamento, ainda neste ano, nossa cidade terá praticamente 100% de seu esgoto tratado. Esta é uma conquista muito importante para todos nós, mas principalmente para as futuras gerações que terão a garantia de viver numa cidade sustentável, que respeita o meio ambiente”, destacou Capato.

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente, Helton Filipini, a melhora ocorreu graças a um trabalho integrado de diversas secretarias municipais, como Obras, Planejamento, Agricultura, Saúde, Cultura e Trânsito, aliadas à equipe da secretaria de meio ambiente. O secretário reforçou também a importância do engajamento do prefeito Celso Capato nas questões ambientais do município.

Na opinião de Filipini, entre os fatores que podem ser destacados para a melhora da nota estão a construção das novas ciclovias que melhoram o trânsito e estimulam o uso da bicicleta como meio de transporte, a inspeção de veículos da frota municipal pela Secretaria de Meio Ambiente para verificar a emissão de fumaça preta, o plantio de árvores nos canteiros centrais de avenidas e nas áreas verdes de novos empreendimentos, o combate sistemático de  novos loteamentos clandestinos sem infraestrutura e saneamento, a reativação do Conselho Municipal de Meio Ambiente, o apoio dado pelas Secretarias de Agricultura e de Meio Ambiente aos agricultores na entrega do Cadastro Ambiental Rural (SICAR), sendo que hoje mais de 70% das propriedades do município foram cadastradas.

[table “17” not found /]

Além disso, o secretário destaca também a correta destinação final do lixo doméstico no aterro sanitário em Paulínia, a participação do Município no Consórcio Intermunicipal de Saneamento Ambiental (CONSAB) e a implementação de ações sustentáveis como a trituração e a reciclagem do resíduo de construção civil “entulho” para conservação de estradas. Outro ponto importante ressaltado por Filipini foi a execução do trabalho de conservação de solo das estradas e propriedades agrícolas com o objetivo de evitar que as águas pluviais carreguem sedimentos para os córregos e ribeirões provocando assoreamento. O desassoreamento da represa de captação de água do município também foi um importante avanço na área ambiental do município.

Para 2016, o secretário afirmou que a meta é aumentar ainda mais a nota com a realização de novas e sustentáveis ações, como o início do plantio de mais de 40.000 mudas para a recuperação ciliar e das nascentes das bacias dos ribeirões Boa Vista e Sítio Novo, mananciais que abastecem Artur Nogueira. Outra iniciativa que terá grande impacto na preservação ambiental da cidade, segundo Filipini, será o início de funcionamento das Estação de Tratamento de esgoto que irão tratar todo o esgoto coletado no município, a elaboração de um plano diretor de arborização urbana, a construção de novos trechos de ciclovias, e muitas outras ações que pretendemos implantar para melhorar ainda mais as condições ambientais do município.

Saiba mais sobre os resultados da pesquisa no portal oficial do Sistema Ambiental Paulista.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.