14/07/2017

Artur Nogueira não recebe vacina pentavalente desde maio

Secretaria de Saúde busca por alternativas para a população

Da redação

Artur Nogueira não recebe novas doses da vacina pentavalente desde maio. De acordo com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, o problema com o repasse de remessas do produto atingiram os municípios de todo o país. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, a situação só será normalizada em agosto.

A vacina pentavalente é um imunizador essencial para o bebê em seu primeiro ano de vida. As doses são aplicadas aos dois, quatro e seis meses da criança, protegendo-a de cinco doenças: tétano, difteria, coqueluche, hepatite B e meningite. Sem a vacina, os recém-nascidos ficam vulneráveis a essas e outras enfermidades que podem surgir de complicações.

vacina (4)-1499992003

De acordo com informações da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, são necessárias, em média, 200 mil doses da vacina por mês para atender a demanda estadual. No entanto, desde abril, o Ministério da Saúde enviou apenas 62 mil unidades do produto para o estado.

A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Artur Nogueira afirma que a Secretaria Municipal de Saúde está em busca de uma nova grade de vacinas e vai “tentar algo que esteja em estoque”. De acordo com o órgão, a previsão da Secretaria de Saúde do Estado é que a situação seja normalizada apenas no próximo mês.

Vacina pentavalente

O primeiro ano de vida de um bebê é marcado por uma série de vacinas que ele precisa tomar para se prevenir de doenças como sarampo, rubéola, pneumonias, meningite, entre outras. A maior parte dessas vacinas é injetável e, para amenizar a dor das crianças, algumas delas são aplicas em doses combinadas.

A pentavalente é um exemplo, pois combina em uma única aplicação a prevenção a cinco tipos de enfermidades. Isso garante imunidade à criança e menos exposição à dor causada pelas aplicações.

A baby receiving vaccination.

A baby receiving vaccination.

Além de proteger contra tétano, difteria, coqueluche, hepatite B e meningite, a pentavalente também é indicada para prevenção de outras doenças causadas pelo Haemophilus influenzae tipo b. Entre elas se destacam pneumonia, bacteremia (presença de bactérias no sangue), artrite séptica e epiglotite (inflamação da epiglote), que ocorrem em bebês e crianças menores de 5 anos de idade.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Nogueirense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.